Acompanhe nas
redes sociais
 » Palavra do Secretário  » Palavra do Secretário  » Palavra do Secretário

Palavra do Secretário

Palavra do Secretário

O nosso tempo é precioso!
Por muito tempo em nossa vida ministerial, entendíamos que quanto mais
fizéssemos mais seríamos bem sucedidos, não nos importando com as consequências dessa imensa responsabilidade sempre acreditávamos que alcançaríamos o sucesso. Os anos se passam e chegam as vitórias, alegrias, também começam a chegar os problemas, as dificuldades e os sofrimentos. Àquilo que parecia um grande sucesso começa a se tornar um sentimento de fracasso, derrota e desanimo.
Mas o que está de fato errado?
Tenho me esforçado tanto, e mesmo assim me sinto fracassado!
A resposta é: Não é o que estamos fazendo e sim da maneira que estamos fazendo.

Quais são as nossas metas? Quais são nossos objetivos a serem alcançados? E quais são as ferramentas que estamos utilizando? Estamos vivendo em um tempo de muita tecnologia onde as informações estão acessíveis na palma de nossas mãos através de nossos smartphones. Na igreja vivemos essa evolução, um retroprojetor onde passávamos as letras dos louvores, com a chegada da tecnologia temos hoje o data show e em algumas igrejas até gigantescos telões de LED. Isso nos mostra que precisamos estar atentos as mudanças que estão ocorrendo em nossa volta. Podemos imaginar que em uma caixa de ferramentas, se tivermos somente um martelo tudo em nossa volta se tornaria um prego. Ou seja se tivéssemos que derrubar uma parede com
um martelo levaria muitos dias de intenso trabalho, devido não termos a ferramenta correta. Com a ferramenta certa aquilo que seria um grande sofrimento e uma grande demora poderia se tornar algo mais produtivo e assim ganharíamos mais tempo para atingirmos nossas metas.

Querido pastor estamos vivendo um tempo onde em uma sociedade inteira a palavra mais falada é, eu não tenho tempo, estou ocupado demais. Temos que ficar atentos, pois estamos inseridos nesse tempo e nessa sociedade.
Temos que rever nossas metas, nossas estratégias e nossas ferramentas para podermos agir e atingir nossos objetivos que é ganhar e cuidar das vidas que o Senhor Jesus tem confiado a nós. O Ide do nosso Senhor Jesus é uma ordem que não pode ser alterada, devemos cumprir esse chamado com as melhores e corretas ferramentas. Assim entendemos que não precisamos
mais cavar com nossas próprias mãos, pois temos a pá que é a ferramenta correta para fazer esse serviço por nós sem nos machucar.

Pense nisso pois o tempo é precioso e esse tempo perdido não volta mais.

Pr. Fernando Brandão